Menor Aprendiz CIEE 2013

Menor Aprendiz CIEE 2013

| 25 de novembro de 2012 | 0 Comentários

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) em parceria com a Fundação Roberto Marinho oferece à empresas, através do Programa Aprendiz Legal, a capacitação de jovens. A Lei brasileira determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens para capacitação profissional prática e teórica. O objetivo é preparar e profissionalmente e aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho.

CIEE – Aprendiz Legal

O programa oferecido pelo CIEE busca inserir socialmente jovens através do trabalho, além de promover a geração de renda e possibilitar a construção de uma carreira profissional bem sucedida.

A capacitação teórica oferecida pelo CIEE é dividida em dois módulos, um específico para todos os aprendizes e outro direcionado à carreira que desejam seguir. Os módulos específicos são:

  • Auxiliar de alimentação: preparo e serviços;
  • Auxiliar de produção;
  • Comércio e varejo;
  • Gestão pública;
  • Logística;
  • Ocupações Administrativas;
  • Práticas bancárias;
  • Telesserviços;
  • Turismo.

O CIEE atua no processo realizando além da capacitação, também a seleção e o recrutamento. As aulas contam com material didático moderno, digital e traduzido para o braile ((livros, cadernos metodológicos, fichas e mapas conceituais, DVD com 24 programas, CD-ROM ). O contrato do jovem como aprendiz tem duração máxima de dois anos. Na empresa ele recebe salário compatível, registro em CTPS, 13º salário, férias e outros benefícios.

O apoio da Fundação Roberto Marinho reflete-se no suporte pedagógico e formação dos educadores que participam do programa.

 Leia também: Menor Aprendiz Rede Globo

Inscrições para jovens e empresas

Através do site do programa jovens e empresas podem cadastrar seus dados para participar. Os candidatos a aprendizes devem ter idade entre 14 e 24 anos. Já as empresas de médio e grande porte devem, por lei, contratar aprendizes em porcentagem que variam de acordo com o número total de funcionários. Para pequenas e microempresas a contratação é facultativa.

Categoria: Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*